O que de fato acontece se eu me recusar a fazer o teste do bafômetro?

O motorista não é obrigado a realizar o teste do bafômetro, pois o mesmo não é obrigado a produzir provas contra si, onde a simples recusa não configurará a sua culpabilidade na espera penal. Entretanto, se recusar a realizar o teste penaliza o motorista de acordo com o artigo 227 da lei onde prevê que serão aplicadas as penalidades e medidas administrativas de multa, suspensão do direito de dirigir por 12 meses, retenção do veículo e da carteira de administração. No caso de evidente embriaguez, a autoridade policial efetuará a prisão em flagrante, documentada pelo auto de prisão em flagrante, com depoimentos testemunhais ou qualquer outro meio de prova apta a demonstrar o fato criminoso. Se você achar que está sendo acusado injustamente de estar embriagado, você poderá usar o bafômetro da polícia como um instrumento de defesa. Os bafômetros da polícia são os únicos que podem ser aceitos como prova num eventual processo. O ideal é que se você bebeu, não deve conduzir veículos automotores.

Clique aqui

Conheça nosso Bafômetro de Parede

Tecnologia de ponta na mensuração do consumo seguro de álcool.